Flor de Flamboyant…

b-dsc01803a

Hoje acordei com
Um cheiro de doce poesia
Impregnando meu pensamento…
Brisa delicada da manhã…
Flor de flamboyant.
Acácia rubra aflorando um
Sentimento de paz em minh’alma,
E que seja eterna,
Não apenas uma inspiração
Ou uma mera ilusão…
Que esta essência se faça presente
Em meu ser em todas às manhãs,
Perpetuando-se durante todo dia…
Por toda vida…
Esta brisa suave,
De flor de flamboyant.

Elias Akhenaton

Alma Viajante…

Pássaro

Livre como o vento,
Assim é minha alma viajante,
Um pássaro peregrino voando em
Todas as direções,
Sobre a estrada ou em alto-mar,
Cumprindo o sagrado destino…

E em minhas andanças venho
Lutando, perseverando,
Às vezes sofrendo,
Mas aprendendo
A ultrapassar os obstáculos pelo caminho,
Sem jamais perder a esperança,
Afinal, sou eterno aprendiz,
É a vida quem diz,
Disso não me engano,
Na simplicidade,
Um caminheiro cigano…

De outra coisa tenho certeza,
Tudo vale a pena, pois,
Neste mesmo caminho, existem as belezas
Da geradora mãe natureza
Com sua incomensurável riqueza,
Concebida com Amor
Pelo grande Pai e Arquiteto Criador…

Exemplos dessas belezas,
São os fenômenos naturais,
Como o crepúsculo do sol
Com seus raios de luzes avermelhados
Se pondo de mansinho na linha do horizonte,
Um rubro espetáculo, divino…

São prenúncios,
Prelúdios
Místicos
De uma noite serena, enluarada,
E encantada…

É o momento de quietude
Da minh’alma cigana,
Que sob o brilho das estrelas no céu,
E os cintilantes pisca-piscas
Dos pirilampos, adormece
Sobre a relva macia do agreste…

Sonho com flores suaves
E suas delicadas pétalas,
Flutuando soltas pelo o ar
E o leve toque do seu perfume
Impregnando o meu sonhar…

E nelas, está à rubra flor
Com sua cor de pura paixão
E sedução, a despertar em mim;
Imensa emoção…

Ao acordar, sinto em meus lábios
Gotículas prateadas
Do divino orvalho da madrugada,
e, ao meu lado, a rubra flor delicada,
Transformando em realidade
O meu sonhar…

No oriente, meus olhos vislumbram
O nascer de uma nova aurora,
Um novo dia se inicia
E lindamente principia,
Nos versos dourados,
Duma encantada poesia…

E o astro-rei, no céu totalmente azul,
Mostra-me uma nova rota, uma nova
Estrada a trilhar com minha
Alma Viajante, livre como o vento,
Que continuará cumprindo sua
Nobre Missão e seu Sagrado destino.

Elias Akhenaton.

Rubra Flor

cropped-springtime-poppies-landscape-1443978-1620x1080

Teus belos encantos de rubra flor,
Impregnam meu ser de admiração,
Pela magia e pura essência de amor,
Despertando em mim a inspiração.

Tu és a mais formosa flor do jardim,
Dos (e) ternos amantes, consagrada.
Rubra paixão de desejos sem fim,
Pétalas ao vento, és também alada.

Peregrina dos canteiros do mundo,
Exalando em todos os continentes,
Um suave perfume, sutil e fecundo.

Dádiva do Criador Deus, com certeza,
Que fez brotar de pequenas sementes…
Quão olorante flor, de rara beleza!

Elias Akhenaton.

Cheiro sedutor de rubra flor

10527405_810962028923288_1176881757864932019_n

O cheiro da tua pele me seduz,
Envolvendo-me em sua suavidade,
Revelando nossas intimidades
Que da luz do nosso amor reluz.

Tens cheiro de flor da sedução,
Rubro desejo que queima
Na chama do amor e da paixão,
Que nos fazem perder a razão.

Por onde eu andar seja onde for,
Estarás em meus pensamentos,
Junto com os cálidos sentimentos
Que exalam do nosso amor.

Sentimentos que estão n’alma
E no nosso apaixonado coração,
Que se alimentam do amor
E do fogo ardente da paixão.

Vem amor, dá-me um beijo teu,
Junta teus lábios aos meus,
Quero sentir teu sabor
E o teu olor sedutor de rubra flor.

Elias Akhenaton.

A Rubra Flor e a Borboleta – Prosa Poética

A rubra flor e a borboleta

Caminhava pela manhã entre os jardins floridos e minh’alma quase transcendeu aos céus com o alquímico perfume no ar. Neste momento, percebi uma rubra flor que se destacava entre as outras, não só pela sua beleza, as outras florzinhas também eram belas, mas a rubra flor chamou mais minha atenção, porque além de bela, parecia que ela estava sorrindo para mim com suas pétalas ainda molhadas pelo divino orvalho matinal que cintilavam com a luz do sol, num lindo céu azul, intemerato e cristalino, me transmitindo algo a mais, um sentimento de paz.

Fiquei fascinado e encantado diante da magia de tão divinal beleza. Oh! Quão inspiradoras são as obras do pai criador, o Arquiteto Deus, como a majestosa natureza! Pena que algumas pessoas não estão tendo consciência em preservá-la, protegendo as florestas e o meio ambiente em que vivem! Mas, voltando ao fascínio da rubra flor, precisava deste sorriso. Às vezes em nosso meio necessitamos apenas de um sorriso sincero ou da simplicidade de um olhar que possa nos acalentar, de uma palavra amiga que nos transmita paz, alegria e ternura, que possa fazer com que transmutemos nossas tristezas e incertezas. Algo de divino. Embora o grande segredo desta transformação, seja descoberto e laborado primeiramente no cadinho do nosso próprio eu interior, fazendo com que de fato esta transmutação aconteça, mas infelizmente, algumas vezes, não temos a capacidade suficiente para fazer este ofício na qualidade de alquimistas das emoções que nos afligem, pelo menos é assim comigo, às vezes falta-me força, noutras fé para realizar esta transformação, mas sei também que existem muitas pessoas que têm dentro de si este potencial.

Essas pessoas têm o dom de nos alegrar, de incentivar, são enviadas por Deus, são anjos de luz que nos auxiliam quando precisamos, nos encorajando e dando ânimo. Quando elas não estão por perto, devido aos seus afazeres diários, temos que de alguma forma buscar a força dentro d’alma, ou simplesmente contemplar as maravilhas existentes na natureza e na grandiosidade e beleza das obras do Arquiteto Criador, buscando assim restabelecer o nosso equilíbrio interior, porque de alguma forma, Deus está e estará sempre presente ao nosso lado, em tudo e em todos, principalmente em nossas preces e orações, entretanto, mesmo sabendo disso, quiçá, até mesmo pela pouca fé que nutrimos em nosso coração, n’alguns momentos da vida, deixamos que as tristezas e as incertezas entrem nos interstícios do nosso peito e são nessas horas que necessitamos de ajuda, de um ombro amigo para compartilhar o que estamos sentindo.

Para completar tão belo quadro da natureza, convertendo de vez as tristezas que me afligiam, aproximou-se uma borboleta que posou mansamente sobre à rubra flor num espetáculo divinal inigualável. Uma borboleta, símbolo fecundo de transformação, de renascimento e a rubra flor, símbolo de consagração ao amor, juntas numa só imagem, imaculada, pura, composta pelas mãos benevolentes do Arquiteto Deus para aquele momento.

Uma imagem indelével, eterna, que ficou registrada em meu coração e em meu pensamento, admirado pela singeleza e simplicidade mística da rubra flor e a borboleta que me transmitiam sentimentos de esperanças, fazendo brotar em meu jardim interior a bela flor do amor e com ela a ternura, a fraternidade, a solidariedade, o perdão… Elevadas e enlevadas aspirações. Desideratos nobres de paz.

Elias Akhenaton

The Little Mermaid

MAKING A DIFFERENCE, ONE STEP AT A TIME...

Jornal Online do Mercado Imobiliário da Flórida

Informações sobre o mercado imobiliário em Miami, Fort Lauderdale, Hollywood e sul da Flórida em geral.

E Agora, Cinderela?

confissões de uma feminista agora mãe em tempo integral

Blog Viva Bem

O Blog do bem viver

Projeto Nellie Bly

A volta ao mundo em 72 dias

Diccineario

Cine y palabras

Inspiration and ideas on creating your dream life

Personal Development, Beauty, Style and general well-being

Flavia Cataldo

texts, thoughts & chronicles

Mimeógrafo - Livraria e Editora

Uma microeditora com um macroprojeto.

Olar

Filmes, séries, coisa e tal

Revista Decifra-me

A sua revista eletrônica sobre arte, cultura, psicologia, filosofia, meio ambiente, história e muito mais...

Semente do Yoga

Aqui você encontra práticas orientais e bioexperiências destinadas a evolução e desenvolvimento humano

Sarfaraz Rock

Professional Photos Editor.

Blog da Tati Py

Palpites sobre a vida, o universo e tudo o mais

Próximos Destinos

Relatos de viagens e coisas da vida...

%d blogueiros gostam disto: