poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Divina primavera

Divina Primavera

Quão doce e colorida é a primavera,
Com suas flores suaves e delicadas,
Que exalam essências perfumadas,
Deixando um frescor na atmosfera!

Que alegria é essa que agora impera
Mais pássaros cantores nas alvoradas
Caminhos com florzinhas encantadas
Numa bela cena que o mundo venera?

Só pode ser de Deus Pai, a concepção,
Pois exala amor desde a primeira flor,
Não só no ar, mas dentro do coração.

Dando leveza à vida, voo de beija-flor,
Alma que se renova, em contemplação.
Partilhando a Paz, do Divino Criador.

Elias Akhenaton.

Haikai

Haikai

Flor-624x624

Quão bela és tu
Oh primavera eterna! –
Flor de minh’alma.

Elias Akhenaton

Poesia · Poetry

Flor de Flamboyant…

b-dsc01803a

Hoje acordei com
Um cheiro de doce poesia
Impregnando meu pensamento…
Brisa delicada da manhã…
Flor de flamboyant.
Acácia rubra aflorando um
Sentimento de paz em minh’alma,
E que seja eterna,
Não apenas uma inspiração
Ou uma mera ilusão…
Que esta essência se faça presente
Em meu ser em todas às manhãs,
Perpetuando-se durante todo dia…
Por toda vida…
Esta brisa suave,
De flor de flamboyant.

Elias Akhenaton