poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Mensageiro da esperança…

Pescador de emoções

Sou viajante, buscando belas emoções.
Navegando nas águas arfantes do mar…
Que fica no coração com as inspirações,
Às vezes num céu azul, noutras ao luar.

Um nobre e valoroso cavaleiro, infante,
Galopando em terras distantes sem-fim.
Mensageiro da paz, amizade e amante
Da natureza; rios, florestas, tudo, enfim.

Inspiro-me no rei sol em sua nascente,
Nas colinas do oriente, ele é emblema,
Duma esperança que triunfa reluzente.

Sei que da senda, sou artífice, o tema,
O escultor, com o cinzel n’alma, ciente
Do labor, de entalhar a fé, como lema.

Elias Akhenaton. 

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Todo tempo é tempo de amor

Tempo de amor

Todas as estações são belas,
Todas têm seu valor,
Pois foram concebidas
Por Deus, o Arquiteto Criador.

Portanto, não importa
A estação… Não importa a
Transformação… Todo tempo é
Tempo… Todo dia é dia
Para se semear o amor…
Semear a paz.
Deixar florir a alma
E exalar a fragrância
Divina da flor.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Tuaregue الطوارق

Tuareg Camel Train, Sahara Desert, Morocco

Na areia brilhante do Deserto do Saara,
Caminha o homem livre em sua região.
Decifrando miragens, em tal imensidão,
Com a flor da fé no peito, que ampara.

Nem sob a reluzente coroa do rei, para,
Seja como guia, viajor, com dedicação.
Pastor ou nobre guerreiro, por tradição.
De turbante anil, do qual não se separa.

E palmilhando já à noite, num belo luar,
Chega a um sereno, e refrescante Oásis.
Instante zen, na flauta; acordes a Allah.

Com plêiade de estrelas, para lhe guiar,
Reinicia na fé o Tuaregue, muito mais.
O tempo corre, e logo o sol vai brilhar.

Elias Akhenaton.

Pensamento · poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Pensamento Zen…

Meditando entre flores

Se for para escolher, escolha aquilo que te faz zen,
Que faz teu coração se sentir bem.
Busca a essência das coisas;
Pequenos gestos, palavras simples, sorriso aberto, o olhar…
Tudo que vem do âmago do ser.
Deixa exalar a fragrância do amor,
Tal qual a de uma rubra flor,
Que em sua singeleza, perfuma o caminho,
Irradiando graça, simplicidade e beleza.
Contempla a divindade que tua alma tem.

Elias Akhenaton