Beija-flor Cigano

Poesias, frases e pensamentos

Arquivo de tag de ‘paixão’

Meu amor por ti…

Gotas suaves de orvalho… O perfume da flor… O voo cativante do beija-flor… A suavidade da poesia. O meu amor por ti, Desabrocha a cada dia, Renascendo em todas as estações. Do canteiro do coração, é luz que alumia. Meu amor é divino como gotas de orvalho… Sedutor como o perfume da flor… Fascinante como o voo do beija-flor… Inspirador como a poesia. Eu te amo sob todos os céus, […]

Continuar Lendo →

O teu sorriso

Quero teu sorriso aberto, sincero, Irradiando minha alma de alegria. Um semblante que tanto venero, Musa da minha (e) terna poesia. Ele é belo como um jardim florido, E luz do sol alvorecendo no sertão. Que curou um ser, outrora ferido, Agora é vida – amor no coração. Estou plenamente apaixonado, Renovado por sentir algo assim. Quero está sempre ao teu lado, Ter você inteiramente para mim. Farei tudo para […]

Continuar Lendo →

Marcas dos teus beijos…

Teus beijos deixaram Marcas em nossa noite de amor. Ficou em minha boca O gosto do teu sabor, Gosto de desejo, de maçã. No arrepio da pele… Ardentes carícias, Até o desabrochar das flores da manhã. Em meu corpo teus Lábios desenhados Com a cor rubra do teu batom. E, sobretudo; Marcas inesquecíveis dos Teus beijos foram Gravados dentro do meu coração, Em minh’alma, em meu viver. Luz do meu […]

Continuar Lendo →

Coração em pedaços…

Oh minha amada! Por onde andas? Estou com muita saudade, sentindo A tua falta, do nosso jeito de amar, No céu azul ou nas noites ao luar. A terna flor que vivia em meu peito Com as suaves pétalas despetalou. Mas o doce perfume em mim ficou, Impregnado, eternizado meu amor! Eu que em tua companhia exalava Alegria contagiante, hoje caminha Por ai sem rumo; triste, moribundo. Vagueando cabisbaixo, pelo […]

Continuar Lendo →

Desejos aflorados.

Beijo os teus lábios rubros, com ardor, Com o  imenso desejo que há em mim. De um trovador apaixonado que assim: Fascinado, sorve o doce mel de tua flor… Acariciando teu belo corpo por inteiro, Descobrindo toda fantasia em segredo. Em tuas curvas, construo meu enredo, Versos dum poema, aberto, verdadeiro. Escrevo em tuas esquinas com prazer, Tendo a lua a observar, em admiração. Apreciando-te delirar, amar, se render… Não […]

Continuar Lendo →