Meu amor por ti…

Meu amor por ti2

Gotas suaves de orvalho…
O perfume da flor…
O voo cativante do beija-flor…
A suavidade da poesia.

O meu amor por ti,
Desabrocha a cada dia,
Renascendo em todas as estações.
No canteiro do coração, é luz que alumia.

Meu amor é divino como gotas de orvalho…
Sedutor como o perfume da flor…
Fascinante como o voo do beija-flor…
Inspirador como a poesia.

Eu te amo sob todos os céus,
Sob todos os sóis que cintilam no horizonte.
Sob todos os luares e lugares.
Em toda criação de Deus, hei de te amar.

Tu és aquela que esperei e sonhei,
Afagando-a, no jardim, os teus lábios beijei.
Em cada dia florescendo em minha alma,
Será eterno, o meu amor por ti!

Elias Akhenaton.

O teu sorriso

Sorriso meigo

Quero teu sorriso aberto, sincero,
Irradiando minha alma de alegria.
Um semblante que tanto venero,
Musa da minha (e) terna poesia.

Ele é belo como um jardim florido,
E luz do sol alvorecendo no sertão.
Que curou um ser, outrora ferido,
Agora é vida – amor no coração.

Estou plenamente apaixonado,
Renovado por sentir algo assim.
Quero está sempre ao teu lado,
Ter você inteiramente para mim.

Farei tudo para te manter feliz,
E ter este sorriso em esplendor.
É tudo o que eu sempre quis,
Perfeita obra do Divino Criador!

Elias Akhenaton.

Marcas dos teus beijos…

beijo caliente

Teus beijos deixaram
Marcas em nossa noite de amor.
Ficou em minha boca
O gosto do teu sabor,
Gosto de desejo, de maçã.
No arrepio da pele…
Ardentes carícias,
Até o desabrochar das flores da manhã.
Em meu corpo teus
Lábios desenhados
Com a cor rubra do teu batom.
E, sobretudo;
Marcas inesquecíveis dos
Teus beijos foram
Gravados dentro do meu coração,
Em minh’alma, em meu viver.
Luz do meu alvorecer!

Elias Akhenaton.

Coração em pedaços…

Homem com saudade

Oh minha amada! Por onde andas?
Estou com muita saudade, sentindo
A tua falta, do nosso jeito de amar,
No céu azul ou nas noites ao luar.

A terna flor que vivia em meu peito
Com as suaves pétalas despetalou.
Mas o doce perfume em mim ficou,
Impregnado, eternizado meu amor!

Eu que em tua companhia exalava
Alegria contagiante, hoje caminha
Por ai sem rumo; triste, moribundo.
Vagueando cabisbaixo, pelo mundo.

Volta amor, vem para junto de mim,
Vem florescer de novo, meu jardim.
Alumia minha alma, meus caminhos.
Acalma meu pranto, meu desalinho.

Se por acaso te magoei, perdoe-me.
Jamais feriria meu próprio coração,
Pois estás nele, por ti que ele pulsa.
Tu és a razão de ser, do meu viver!

Elias Akhenaton.

Desejos aflorados.

beijando2

Beijo os teus lábios rubros, com ardor,
Com o  imenso desejo que há em mim.
De um trovador apaixonado que assim:
Fascinado, sorve o doce mel de tua flor…

Acariciando teu belo corpo por inteiro,
Descobrindo toda fantasia em segredo.
Em tuas curvas, construo meu enredo,
Versos dum poema, aberto, verdadeiro.

Escrevo em tuas esquinas com prazer,
Tendo a lua a observar, em admiração.
Apreciando-te delirar, amar, se render…

Não só nas chamas ardentes da paixão,
Mas também do amor que me faz viver.
Deixando em teu corpo, esta inspiração.

Elias Akhenaton.

Amor ou Paixão?!

Casal se beijando

Estou sentindo por você
Um forte sentimento
Que eu ainda não sei
Se é amor ou paixão.

Só sei que me domina,
Quando fito os olhos teus.
Desperta um fogo ardente,
Que me invade inteiramente.

Esse fogo é brasa que queima
Transpirando múltiplos desejos.
E quanto mais eu te beijo
Mais aumenta a chama.

Sinto um delírio alucinante,
Meu corpo colado ao teu.
E num ritual de carícias
Chegamos juntos ao céu.

É amor ou paixão? Eis a questão!
Só o senhor do tempo dirá.
Quiçá, seja só paixão,
Mas pode ser amor, em perfeita união.

Elias Akhenaton.

Coração Cigano

Cigana faceira

Minha cigana, tu és minha feiticeira,
Aquela que encanta meu coração.
Com traje vermelho, saia rodada, a rodopiar,
Faz-me amar, em seu belo bailar.

Sabes ler meus pensamentos,
As mais secretas intenções.
Os sentimentos que permeiam,
Em minha inspiração.

À noite em nossa tsara,
Sob o luar que alumia, com seus raios de prata.
Cantamos nossa preferida canção,
Ritmada pelo toque do amor e da paixão.

Assim, na companhia deste dueto,
Acaricio docemente teu corpo perfeito,
Como se tivesse ponteando um violão,
Entre sussurros e ardentes beijos.

E no amanhecer do novo dia,
O rei sol adentra nosso aconchego, no azul do céu.
Trazendo com ele, o perfume da rubra flor,
A nos brindar, com uma nova poesia.

Não saberia viver sem você, cigana querida!
Tu és minha amada, tudo para mim.
Rezo a Santa Sara que venha a nos abençoar,
Todos os clãs no caminhar, os quais, eu os saúdo:
Optchá! Optchá!

Elias Akhenaton.

The Little Mermaid

MAKING A DIFFERENCE, ONE STEP AT A TIME...

Jornal Online do Mercado Imobiliário da Flórida

Informações sobre o mercado imobiliário em Miami, Fort Lauderdale, Hollywood e sul da Flórida em geral.

E Agora, Cinderela?

confissões de uma feminista agora mãe em tempo integral

Blog Viva Bem

O Blog do bem viver

Projeto Nellie Bly

A volta ao mundo em 72 dias

Diccineario

Cine y palabras

Inspiration and ideas on creating your dream life

Personal Development, Beauty, Style and general well-being

Flavia Cataldo

texts, thoughts & chronicles

Mimeógrafo - Livraria e Editora

Uma microeditora com um macroprojeto.

Olar

Filmes, séries, coisa e tal

Revista Decifra-me

A sua revista eletrônica sobre arte, cultura, psicologia, filosofia, meio ambiente, história e muito mais...

Semente do Yoga

Aqui você encontra práticas orientais e bioexperiências destinadas a evolução e desenvolvimento humano

Sarfaraz Rock

Professional Photos Editor.

Blog da Tati Py

Palpites sobre a vida, o universo e tudo o mais

Próximos Destinos

Relatos de viagens e coisas da vida...

%d blogueiros gostam disto: