Pensamento · poema · Poesia · Uncategorized

Ritos de Iniciação

flor na pedra

Nos caminhos da grande roda da vida,
Ainda irei cumprir alguns ritos de iniciação.
É bem verdade que já realizei
Alguns deles, com humildade e determinação.
Continuarei cumprindo, cada novo dia,
Em cada palmilhar na areia do tempo,
Faça chuva ou faça sol,
Tudo é aprendizado.
Contudo, o mais importante desses
Ritos é a lapidação do meu ser, do meu
Interior que teima em continuar bruto,
Tal qual uma rocha.
O trabalho diário é árduo nessa lapidação
E creio sinceramente que se tornará
Polido quando chegar o momento
Da minha transição,
Cumprindo, enfim, minha última iniciação,
Quando então, as rosas florescerão.
Enquanto isso, meu ser…

“Ora et Labora.”

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Tuaregue الطوارق

Tuareg Camel Train, Sahara Desert, Morocco

Na areia brilhante do Deserto do Saara,
Caminha o homem livre em sua região.
Decifrando miragens, em tal imensidão,
Com a flor da fé no peito, que ampara.

Nem sob a reluzente coroa do rei, para,
Seja como guia, viajor, com dedicação.
Pastor ou nobre guerreiro, por tradição.
De turbante anil, do qual não se separa.

E palmilhando já à noite, num belo luar,
Chega a um sereno, e refrescante Oásis.
Instante zen, na flauta; acordes a Allah.

Com plêiade de estrelas, para lhe guiar,
Reinicia na fé o Tuaregue, muito mais.
O tempo corre, e logo o sol vai brilhar.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Celebre a vida!

woman in the field

Coloque para fora, todo desalento,
Reservado lá no fundo do coração.
Solte toda energia, aquela emoção
Que trás o nocivo, esmorecimento.

Atenua o desânimo, o abatimento,
A melancolia. Saia dessa condição.
Peça força a Deus, em uma oração,
Ele te dará o que precisas, o alento…

Untado pelo óleo e amor do Senhor.
Portanto, alegre-se, celebre a vida,
Ser grato ao pai, tu és um vencedor.

Mantenha a chama da fé aquecida,
Que fluirá de ti, cânticos de louvor.
Neles, toda a boa vibração vertida.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Uncategorized

Gratidão

Gratidão (2)

Quando a luz do sol,
Brilhar reluzente no horizonte,
E meus olhos se abrirem para o novo dia…
Que seja de gratidão, minha oração,
Ao ver minha irmã, meu irmão,
Filhos do mesmo pai criador.

E unidos ao canto dos passarinhos,
Enlevados pelo perfume da brisa da manhã,
Possamos louvar a Deus,
Com a mais doce melodia, pelo presente da vida,
E o seu incomensurável amor.

Elias Akhenaton.