poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Meu amor por ti…

Meu amor por ti2

Gotas suaves de orvalho…
O perfume da flor…
O voo cativante do beija-flor…
A suavidade da poesia.

O meu amor por ti,
Desabrocha a cada dia,
Renascendo em todas as estações.
Do canteiro do coração, é luz que alumia.

Meu amor é divino como gotas de orvalho…
Sedutor como o perfume da flor…
Fascinante como o voo do beija-flor…
Inspirador como a poesia.

Eu te amo sob todos os céus,
Sob todos os sóis que cintilam no horizonte.
Sob todos os luares e lugares.
Em toda criação de Deus, hei de te amar.

Tu és aquela que esperei e sonhei,
Afagando-a, no jardim, os teus lábios beijei.
Florescendo a cada dia em minha alma,
Nunca morrerá, o meu amor por ti!

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Floresta Mística

Floresta mística

Viaja o meu peregrino pensamento,
Ao santuário zen da mística floresta.
Pairando como uma pluma ao vento,
Na terna paz que dela, se manifesta.

Quão sagrada e vital é a natureza!
Reflexo do Arquiteto Deus Criador.
Fonte imensurável de pura beleza,
Concepção do Pai, doador do amor.

Contemplo às espécies das matas
E o sublime canto dos passarinhos
Que aos arrebóis fazem serenatas…

Ainda as cachoeiras e suas cascatas,
Que a alma se enaltece de carinhos,
Evidenciando as inspirações inatas.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Todo tempo é tempo de amor

Tempo de amor

Todas as estações são belas,
Todas têm seu valor,
Pois foram concebidas
Por Deus, o Arquiteto Criador.

Portanto, não importa
A estação… Não importa a
Transformação… Todo tempo é
Tempo… Todo dia é dia
Para se semear o amor…
Semear a paz.
Deixar florir a alma
E exalar a fragrância
Divina da flor.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Viver com você…

brindando a vida ao nascer do sol

É sentir a brisa do mar
Tocando a pele suavemente.
É encantar-se com o céu estelar
Numa bela noite de luar,
E você, para beijar…

Viver com você,
É aspirar o ar puro das manhãs
Vindo das altas colinas,
Brindando a vida sob os raios benéficos
Do sol matutino…

É navegar em um rio, de águas tranquilas,
Nutrindo-se de nobres sentimentos.
Não posso viver sem a tua companhia,
Pois este amor que venero em meu peito,
É o que me faz renascer, a cada dia.

É minha sagrada fonte de inspiração,
Decantada em poesia,
Na terra, no mar e no céu.
Em toda singeleza que habita a natureza
E tudo o de mais precioso que Deus me deu.
Enfim, é divinal viver com você,
Amando-te, infinitamente!

Elias Akhenaton.