poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Divina primavera

Divina Primavera

Quão doce e colorida é a primavera,
Com suas flores suaves e delicadas,
Que exalam essências perfumadas,
Deixando um frescor na atmosfera!

Que alegria é essa que agora impera
Mais pássaros cantores nas alvoradas
Caminhos com florzinhas encantadas
Numa bela cena que o mundo venera?

Só pode ser de Deus Pai, a concepção,
Pois exala amor desde a primeira flor,
Não só no ar, mas dentro do coração.

Dando leveza à vida, voo de beija-flor,
Alma que se renova, em contemplação.
Partilhando a Paz, do Divino Criador.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

O beija-flor no outono

Beija-flor autum

O beija-flor está no Outono,
Bailando no ar,
Procurando sua flor para beijar,
Quiçá, ele a encontre, senão,
Vai pousar no galho para admirar
Às folhas secas, caindo devagarinho,
Na mais pura mansidão.
Seja na brisa suave da manhã,
Com seu sabor de maçã
Ou no aconchego da tarde
Com o barulhinho d´água
Escorrendo das fontes.
Enquanto isso;
À natureza cumpre seu rito,
Cheia de encanto e beleza com seus ciclos de
Renascimentos e transformações.
Mas sente no peito que pode encontrar sua amada,
Renascida, brotada em toda sua beleza,
Em outra estação,
Dentro do solo fértil do coração.
Onde a seiva do amor, nutre diariamente,
O mais belo jardim!

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Meu amor por ti…

Meu amor por ti2

Gotas suaves de orvalho…
O perfume da flor…
O voo cativante do beija-flor…
A suavidade da poesia.

O meu amor por ti,
Desabrocha a cada dia,
Renascendo em todas as estações.
Do canteiro do coração, é luz que alumia.

Meu amor é divino como gotas de orvalho…
Sedutor como o perfume da flor…
Fascinante como o voo do beija-flor…
Inspirador como a poesia.

Eu te amo sob todos os céus,
Sob todos os sóis que cintilam no horizonte.
Sob todos os luares e lugares.
Em toda criação de Deus, hei de te amar.

Tu és aquela que esperei e sonhei,
Afagando-a, no jardim, os teus lábios beijei.
Florescendo a cada dia em minha alma,
Nunca morrerá, o meu amor por ti!

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

O teu sorriso

Sorriso meigo

Quero teu sorriso aberto, sincero,
Irradiando minha alma de alegria.
Um semblante que tanto venero,
Musa da minha (e) terna poesia.

Ele é belo como um jardim florido,
E luz do sol alvorecendo no sertão.
Que curou um ser, outrora ferido,
Agora é vida – amor no coração.

Estou plenamente apaixonado,
Renovado por sentir algo assim.
Quero está sempre ao teu lado,
Ter você inteiramente para mim.

Farei tudo para te manter feliz,
E ter este sorriso em esplendor.
É tudo o que eu sempre quis,
Perfeita obra do Divino Criador!

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Marcas dos teus beijos…

beijo caliente

Teus beijos deixaram
Marcas em nossa noite de amor.
Ficou em minha boca
O gosto do teu sabor,
Gosto de desejo, de maçã.
No arrepio da pele…
Ardentes carícias,
Até o desabrochar das flores da manhã.
Em meu corpo teus
Lábios desenhados
Com a cor rubra do teu batom.
E, sobretudo;
Marcas inesquecíveis dos
Teus beijos foram
Gravados dentro do meu coração,
Em minh’alma, em meu viver.
Luz do meu alvorecer!

Elias Akhenaton.