Pensamento · poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Pensamento Zen…

Meditando entre flores

Se for para escolher, escolha aquilo que te faz zen,
Que faz teu coração se sentir bem.
Busca a essência das coisas;
Pequenos gestos, palavras simples, sorriso aberto, o olhar…
Tudo que vem do âmago do ser.
Deixa exalar a fragrância do amor,
Tal qual a de uma rubra flor,
Que em sua singeleza, perfuma o caminho,
Irradiando graça, simplicidade e beleza.
Contempla a divindade que tua alma tem.

Elias Akhenaton

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Sob a Luz do Sol

sol nascendo no jardim

Das altas montanhas,
Descendo entre os canteiros
Floridos, chega uma brisa
Branda e suave
Impregnada com o frescor
Dos aromas matinais,
Esplendidamente divinais…
Acalentando minha mente,
Docemente.

Na fluidez etérea do pensamento,
Clareia no oriente,
Triunfante, o rei sol…
Galhardamente reluzente,
Num espetáculo inigualável
Na magia dos seus raios dourados,
Revelando um belo dia,
Para palmilhar novos caminhos,
Na sacrossanta jornada.

Mais um belo cenário do criador,
Propício para alegria:
Cantar a melodia,
Com a inocência da alma, duma criança…
Recitando uma ode,
À inspirada e (e) terna poesia.

Elias Akhenaton.

poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Contemplando a natureza

Contemplando a Natureza

Sentado a margem da cachoeira,
À tardinha.
Observo a queda d’água,
Caindo e escorrendo por entre as pedras.

Ouço o barulhinho mágico desse
Elemento purificador e os cantos
Dos passarinhos vindos da mata verde…
Um encanto!

Quanta beleza a contemplar
Na divinal natureza!…
Inesgotável!

Deixo fluir meus pensamentos,
Elevando-os ao céu,
Enquanto uma chuva fina, passageira,
Cai devagarinho, molhando meu corpo,
Regando a flor de minha alma.

Oh! Quão belo é o arco-íris colorido,
Com sua ponta reluzente cruzando
Sobre o espelho d’água!

Surge o Astro-Rei, após a chuva.
Infinda é a contemplação,
Agora com o pôr do sol,
Com seu manto rubro…
E na cadência da inspiração,
A poesia pulsa;
Serena, em meu coração!

Elias Akhenaton.