Poesia · Poetry

Ser Poeta…

,

Ser poeta é sentir um perfume de flor
Que transcende dos seus pensamentos.
Da alma brota a simplicidade do amor,
Emoldurando todos seus sentimentos…

Vai compondo alegria, tristeza e pranto,
De tudo que dentro do coração clama.
Mas imprime em seus versos, o encanto,
Neles a esperança e sua eterna chama…

Ser poeta é ter no eu um afeto fecundo,
Compartilhando o divino dom de amar
Nas mais distantes fronteiras do mundo…

É crer na luz que ilumina seu caminho,
Na magia da ponta da pena a abençoar
Sua doce e delicada alma de passarinho.

Elias Akhenaton. 

                              

Poesia · Poetry

Sorriso de uma Criança!

Sorriso de uma Criança

Quão meigo o sorriso de uma criança!
Singelo, igual ao de um anjo querubim.
Luz de Deus em uma eterna esperança,
Em um mundo de paz, belo como jardim.

O sorriso de uma criança é verdadeiro,
Puro e cheio de ternura como uma flor.
Presente divino, é inocente por inteiro,
Revelando sentimentos nobres de amor…

Que exalam lá do fundo do seu coração,
Irradiando paz para o nosso bem viver,
Despertando-nos plena contemplação,
É a própria face de Deus a nos bendizer.

O sorriso de uma criança vem da alma,
Por isso nos encanta com sua confiança,
Sensibilidade, docilidade. Seu ser acalma.
Como é meigo o sorriso de uma criança!

Elias Akhenaton.

Poesia · Poetry

Floresta Amazônica

floresta amazonica

Floresta Amazônica! És grandiosa,
Repleta de mistérios e belezas…
O pulmão do mundo, oh deusa frondosa!
Com diversidades vivas em tua natureza.

Ouvir o som harmonioso dos pássaros,
Ecoando de tua mata verde, é acalanto
Em momentos, singelos e claros,
Que nos inspiram com o seu canto.

As espécies de animais existentes
Em tua fauna, cachoeiras e cascatas,
São indeléveis em nossas mentes,
Entes dependentes de tuas matas.

Entretanto, nem tudo é alegria!
A depredação tem sido frequente
Pela mão do homem no dia a dia,
Desmatando tuas matas, infelizmente.

O predador homem, sem consciência,
Não mede esforços em derrubá-la.
Colocando em risco sua existência
E das gerações futuras, em vivenciá-la.

Com isso, aceleram a extinção
Dos animais, que são obrigados
A deixarem seus abrigos, pela violação
Dos seus santuários, tão sagrados…

Os que sobrevivem, são negociados
Impunemente no comércio ilegal.
Até mesmo plantas, vegetais apreciados,
São retirados do meio ambiental.

Levantemos a bandeira da preservação,
Ainda há esperanças, vamos nos unir,
Compartilhando força, em perfeita união,
Caso contrário, a floresta irá sucumbir…

Sucumbindo, iremos sentir; já estamos
Sentindo os efeitos desta depredação.
Dar às mãos, é necessário, vamos
Fazer nossa parte, com conscientização.

Elias Akhenaton

“É triste pensar que a natureza fala e
que o gênero humano não a ouve.” – Victor Hugo.

Poesia · Poetry

Flor de Flamboyant…

b-dsc01803a

Hoje acordei com
Um cheiro de doce poesia
Impregnando meu pensamento…
Brisa delicada da manhã…
Flor de flamboyant.
Acácia rubra aflorando um
Sentimento de paz em minh’alma,
E que seja eterna,
Não apenas uma inspiração
Ou uma mera ilusão…
Que esta essência se faça presente
Em meu ser em todas às manhãs,
Perpetuando-se durante todo dia…
Por toda vida…
Esta brisa suave,
De flor de flamboyant.

Elias Akhenaton

Poesia · Poetry

Determinação de Águia

11900002_977776365601683_3585658450490463284_n

Como uma águia,
Minha alma plana a céu aberto,
E lá no alto, faz voos
Suaves, renovando o ar que respira
Na mais plena liberdade.
Transmuto em arcana alquimia
Meus pensamentos,
Nutrindo-me com a seiva
De nobres sentimentos.
Quando pousar,
Quero encontrar meu santuário,
Falando de coisas que tocam ao coração,
Com inspiração e emoção.
Quero falar da beleza do amor
E da essência que exala de uma divina flor.
Ter determinação e garra,
Igualmente a uma águia para
Os objetivos alcançar,
No labor diário; Lutar… Perseverar…
Eternamente amar!

Elias Akhenaton.