poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Divina primavera

Divina Primavera

Quão doce e colorida é a primavera,
Com suas flores suaves e delicadas,
Que exalam essências perfumadas,
Deixando um frescor na atmosfera!

Que alegria é essa que agora impera
Mais pássaros cantores nas alvoradas
Caminhos com florzinhas encantadas
Numa bela cena que o mundo venera?

Só pode ser de Deus Pai, a concepção,
Pois exala amor desde a primeira flor,
Não só no ar, mas dentro do coração.

Dando leveza à vida, voo de beija-flor,
Alma que se renova, em contemplação.
Partilhando a Paz, do Divino Criador.

Elias Akhenaton.