poema · Poesia · Uncategorized

Gratidão

Gratidão (2)

Quando a luz do sol,
Brilhar reluzente no horizonte,
E meus olhos se abrirem para o novo dia…
Que seja de gratidão, minha oração,
Ao ver minha irmã, meu irmão,
Filhos do mesmo pai criador.

E unidos ao canto dos passarinhos,
Enlevados pelo perfume da brisa da manhã,
Possamos louvar a Deus,
Com a mais doce melodia, pelo presente da vida,
E o seu incomensurável amor.

Elias Akhenaton.