poema · Poesia · Poetry · Uncategorized

Caminheiro da Vida

Caminheiro da vida

Sou caminheiro da vida,
Sou passarinho beija-flor.
Um mochileiro com o coração,
Carregado de amor,
Viajando pelo mundo,
Em busca da seiva da flor…

Sou também um escultor,
Lapidando as asperezas
Da pedra bruta existente
Em meu interior…

Transmutando meu ego
Na mais pura essência espiritual.
Um alquimista em potencial,
Trabalhando a força mental,
Verdadeira pedra filosofal…

Minh’alma é imortal,
Templo universal.
Sou neófito, estudante, eterno aprendiz,
É a vida quem diz
E disso não me engano,
Na roda que gira a caravana da vida:
Um peregrino cigano…

Adoro e venero o
Arquiteto divino, Pai Criador
E falo com muito amor.
Sou poeta, das emoções, um pescador,
Caminheiro da vida
Com muito louvor,
Na senda da Luz, Vida e Amor!

Elias Akhenaton.’.